• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

PG - PA

PG - PA

Mensagempor kotta » Qui Jan 31, 2008 13:11

Olá, poderia me ajudar com este exercício?
(UFMG-97- ADAPTADA)Três números reais positivos a,b, c satisfazem o sistema abc={3}^{9}[/tex]
a+b+c=117[/tex]

Além disso, eles estão em progressão geometrica, isto é, existe um número real R tal que b+aR e c=bR.
Determine todos os possíveis valores de R e os correspondentes valores de a,b,c.
kotta
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 5
Registrado em: Qui Jan 31, 2008 12:55
Área/Curso: Estudante
Andamento: cursando

Re: PG - PA

Mensagempor fabiosousa » Qui Jan 31, 2008 18:39

Condições:
a,b,c \in \Re

a,b,c > 0

\left\{
\begin{matrix}
   abc   &= &3^9 &(I) \\ 
   a+b+c &= &117 &(II)
\end{matrix}
\right.

a,b,c estão em progressão geométrica, com razão R \in \Re:
b=aR

c=bR

Vamos reescrever o sistema de equações, utilizando a informação sobre P.G.:
\left\{
\begin{matrix}
   a\cdot aR \cdot bR   &= &3^9 \\
   a+aR+bR &= &117
\end{matrix}
\right.

\left\{
\begin{matrix}
   a\cdot aR \cdot aRR   &= &3^9 \\
   a+aR+aRR &= &117
\end{matrix}
\right.

\left\{
\begin{matrix}
   a^3\cdot R^3 &= &3^9 \\
   aR^2+aR+a &= &117
\end{matrix}
\right.

\left\{
\begin{matrix}
   (aR)^3 &= &(3^3)^3 \\
   a(R^2+R+1) &= &117
\end{matrix}
\right.

\left\{
\begin{matrix}
   aR &= &27 &(III)\\
   a(R^2+R+1) &= &117 &(IV)
\end{matrix}
\right.

agora temos um sistema com duas equações e duas incógnitas


De (III):

a= \frac{27}{R}

Substituindo em (IV):

\frac{27}{R}(R^2+R+1) = 117

27R^2+27R+27 = 117R

27R^2+27R+27 - 117R = 0

27R^2-90R+27 = 0

Vamos resolver esta equação do segundo grau:
\Delta = (-90)^2 -4\cdot 27 \cdot 27

\Delta = 8100 - 2916 = 5184

R = \frac{90\pm \sqrt{5184}}{54}

R = \frac{90\pm 54}{54}

R = 3 ou R=\frac13


Para R = 3 e as condições atendidas, teremos que:
\left\{
\begin{matrix}
   a &= &9 \\
   b &= &27 \\
   c &= &81
\end{matrix}
\right.


Para R = \frac13:

\left\{
\begin{matrix}
   a &= &81 \\
   b &= &27 \\
   c &= &9
\end{matrix}
\right.


Caso tenham outra resolução, comentários ou correções, escrevam.
Espero ter ajudado.
Fábio Sousa
Equipe AjudaMatemática.com
| bibliografia | informações gerais | arquivo de dúvidas | desafios

"O tolo pensa que é sábio, mas o homem sábio sabe que ele próprio é um tolo."
William Shakespeare
Avatar do usuário
fabiosousa
Colaborador Administrador - Professor
Colaborador Administrador - Professor
 
Mensagens: 870
Registrado em: Qui Jul 19, 2007 10:58
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática IME-USP
Andamento: formado

Re: PG - PA

Mensagempor kotta » Sáb Fev 02, 2008 20:35

Olá, uma nova questão de PA E PG, não estou conseguindo ver uma maneira direta pra resolver.
Estava pensando em encontrar o valor de com o valor da razão que foi dado, mas simplesmente não consigo. A questão é a seguinte.
(UFMG - 2002) Os números a,b, c, nessa ordem estão em progressão geométrica de razão \frac{4}{3}. Além disso, a-1, b, c, nessa ordem, estão em progressão aritmética a, b, c.

Eu estava tentando resolver assim:
R=\frac{b}{a}= \frac{b}{c}
[tex]\frac{4}{3}=\frac{a*r}{a}
e lembrando da teoria de PG que diz: b=a*r

mas qdo vou resolver nada.
\frac{4}{3}= \frac{b}{a}
\frac{4}{3}=\frac{a*r}{a}
\frac{4}{3}=\frac{a*4/3}{a}
simplifico, cortando a com a e fico com valores que eu ja tenho, ou seja, r=\frac{4}{3}e volto a ficar sem saber o valor de a.
Será que podem me ajudar?
Estou completamente perdida com a mtemática, e isso é só o começo. rsrs

Abs.
kotta
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 5
Registrado em: Qui Jan 31, 2008 12:55
Área/Curso: Estudante
Andamento: cursando

Re: PG - PA

Mensagempor fabiosousa » Dom Fev 03, 2008 00:08

Olá kotta.
É importante comentar as tentativas, mesmo que não tenham sido produtivas.

Resolvi o exercício no papel, mas antes de postar aqui, seguem algumas dicas:

1) Como a razão da P.G. é dada, você já pode escrever os 3 termos desta P.G. em função de a, ou seja:
P.G. \left\{ a, \frac{4a}{3}, \frac{16a}{9} \right\}

2) Analogamente, faça o mesmo para a P.A:
P.A. \left\{ a-1, \frac{4a}{3}, \frac{16a}{9} \right\}

3) Agora, para resolver, note o seguinte:
Na P.G., a razão é um valor constante, sendo o quociente entre um termo e seu antecessor.
Já na P.A., a razão também é constante, sendo a diferença entre um termo e seu antecessor.
Então, aplique este conceito de razão de P.A. à nossa P.A. acima, igualando a diferença do segundo termo pelo primeiro, com a diferença do terceiro pelo segundo termo.
Fazendo assim, nesta igualdade, você terá uma equação do primeiro grau, com uma única variável que é exatamente o primeiro termo a, e você poderá encontrá-lo.
Conseqüentemente, poderá substituí-lo para encontrar b e c que estão em função de a.

Você deve encontrar estes valores:
a=9, b=12 e c=16.
Nota: para conferir, teste os valores e verá que satisfazem as progressões citadas.
Fábio Sousa
Equipe AjudaMatemática.com
| bibliografia | informações gerais | arquivo de dúvidas | desafios

"O tolo pensa que é sábio, mas o homem sábio sabe que ele próprio é um tolo."
William Shakespeare
Avatar do usuário
fabiosousa
Colaborador Administrador - Professor
Colaborador Administrador - Professor
 
Mensagens: 870
Registrado em: Qui Jul 19, 2007 10:58
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática IME-USP
Andamento: formado

Re: PG - PA

Mensagempor fabiosousa » Dom Fev 03, 2008 00:42

Como os comentários se anteciparam, segue a resolução com poucas palavras:

Do enunciado, temos as seguintes progressões:
P.G. \left\{ a, b, c \right\} (com razão \frac43)

P.A. \left\{ a-1, b, c \right\} (a razão ainda não sabemos)


O primeiro passo é reescrever a progressão geométrica, considerando a razão informada:
b = \frac{4a}{3}

c = \frac{16a}{9}

P.G. \left\{ a, \frac{4a}{3}, \frac{16a}{9} \right\}

Utilizando então b e c em função de a, também reescrevemos a progressão aritmética:
P.A. \left\{ a-1, \frac{4a}{3}, \frac{16a}{9} \right\}

Seja r a razão da P.A., então:
r = \frac{4a}{3} - (a-1)

E também:
r = \frac{16a}{9} - \frac{4a}{3}

Daqui, obtemos que:
\frac{4a}{3} - (a-1) = \frac{16a}{9} - \frac{4a}{3}

\frac{4a}{3} - a + 1 = \frac{16a - 12a}{9}

\frac{a}{3} + 1 = \frac{4a}{9}

\frac{4a - 3a}{9} = 1

\frac{a}{9} = 1

a = 9

Logo:
b = \frac{4a}{3} = \frac{4\cdot 9}{3} = 12

c = \frac{16a}{9} =  \frac{16 \cdot 9}{9} = 16

E apenas para citar, como já encontramos para resolver, a razão da P.A. é r = 4.
Cuidado na conferência, porque o primeiro termo é a-1.


Espero ter ajudado, e como sempre, caso tenham algum comentário ou complemento, escrevam.
Fábio Sousa
Equipe AjudaMatemática.com
| bibliografia | informações gerais | arquivo de dúvidas | desafios

"O tolo pensa que é sábio, mas o homem sábio sabe que ele próprio é um tolo."
William Shakespeare
Avatar do usuário
fabiosousa
Colaborador Administrador - Professor
Colaborador Administrador - Professor
 
Mensagens: 870
Registrado em: Qui Jul 19, 2007 10:58
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática IME-USP
Andamento: formado

Re: PG - PA

Mensagempor kotta » Dom Fev 03, 2008 14:58

Valeu Fábio, muito obrigada.
Estava ficando travada na hora de resolver pq estava tentando resolver pela PG. Agora vou refazer meus calculos.
Você está me ajudando muito.
Grande abraço.
Kenia
kotta
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 5
Registrado em: Qui Jan 31, 2008 12:55
Área/Curso: Estudante
Andamento: cursando


Voltar para Progressões

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes

 



Assunto: Proporcionalidade
Autor: silvia fillet - Qui Out 13, 2011 22:46

Divida o numero 35 em partes diretamente proporcionais a 4, 10 e 14. Em seguida divida o mesmo numero em partes proporcionais a 6, 15 e 21. explique por que os resultados sao iguais.


Assunto: Proporcionalidade
Autor: silvia fillet - Sáb Out 15, 2011 10:25

POR GENTILEZA PODEM VERIFICAR SE O MEU RACIOCINIO ESTÁ CERTO?

P1 = K.4 SUBSTITUINDO K POR 1,25 P1= 5
P2 = K.10 SUBSTITUINDO K POR 1,25 P2= 12,50
P3 = K.13 SUBSTITUINDO K POR 1,25 P3= 17,50

P1+P2+P3 = 35
K.4+K.10+K.13 = 35
28 K = 35
K= 1,25


P1 = K.6 SUBSTITUINDO K POR 0,835 P1= 5
P2 = K.15 SUBSTITUINDO K POR 0,835 P2 = 12,50
P3 = K.21 SUBSTITUINDO K POR 0,835 P3 = 17,50
K.6+K.15+K.21 = 35
42K = 35
K= 0,833


4/6 =10/15 =14/21 RAZÃO = 2/3

SERÁ QUE ESTÁ CERTO?
ALGUEM PODE ME AJUDAR A EXPLICAR MELHOR?
OBRIGADA
SILVIA


Assunto: Proporcionalidade
Autor: ivanfx - Dom Out 16, 2011 00:37

utilize a definição e não se baseie no exercícios resolvidos da redefor, assim você terá mais clareza, mas acredito que sua conclusão esteja correto, pois o motivo de darem o mesmo resultado é pq a razão é a mesma.


Assunto: Proporcionalidade
Autor: Marcos Roberto - Dom Out 16, 2011 18:24

Silvia:
Acho que o resultado é o mesmo pq as razões dos coeficientes e as razões entre os números são inversamente proporcionais.

Você conseguiu achar o dia em que caiu 15 de novembro de 1889?


Assunto: Proporcionalidade
Autor: deiasp - Dom Out 16, 2011 23:45

Ola pessoal
Tb. estou no redefor
O dia da semana em 15 de novembro de 1889, acredito que foi em uma sexta feira


Assunto: Proporcionalidade
Autor: silvia fillet - Seg Out 17, 2011 06:23

Bom dia,
Realmente foi uma sexta feira, como fazer os calculos para chegar ?


Assunto: Proporcionalidade
Autor: ivanfx - Seg Out 17, 2011 07:18

Para encontrar o dia que caiu 15 de novembro de 1889 você deve em primeiro lugar encontrar a quantidade de anos bissextos que houve entre 1889 à 2011, após isso dá uma verificada no ano 1900, ele não é bissexto, pois a regra diz que ano que é múltiplo de 100 e não é múltiplo de 400 não é bissexto.
Depois calcule quantos dias dão de 1889 até 2011, basta pegar a quantidade de anos e multiplicar por 365 + 1 dia a cada ano bissexto (esse resultado você calculou quando encontrou a quantidade de anos bissextos)
Pegue o resultado e divida por 7 e vai obter o resto.
obtendo o resto e partindo da data que pegou como referência conte a quantidade do resto para trás da semana.


Assunto: Proporcionalidade
Autor: silvia fillet - Seg Out 17, 2011 07:40

Bom dia,
Será que é assim:
2011 a 1889 são 121 anos sendo , 30 anos bissextos e 91 anos normais então temos:
30x366 = 10.980 dias
91x365 = 33.215 dias
incluindo 15/11/1889 - 31/12/1889 47 dias
33215+10980+47 = 44242 dias

44242:7 = 6320 + resto 2

è assim, nâo sei mais sair disso.


Assunto: Proporcionalidade
Autor: ivanfx - Seg Out 17, 2011 10:24

que tal descontar 1 dia do seu resultado, pois 1900 não é bissexto, ai seria 44241 e quando fizer a divisão o resto será 1
como etá pegando base 1/01/2011, se reparar bem 01/01/2011 sempre cai no mesmo dia que 15/01/2011, sendo assim se 01/01/2011 caiu em um sábado volte 1 dia para trás, ou seja, você está no sábado e voltando 1 dia voltará para sexta.então 15/11/1889 cairá em uma sexta


Assunto: Proporcionalidade
Autor: Kiwamen2903 - Seg Out 17, 2011 19:43

Boa noite, sou novo por aqui, espero poder aprender e ajudar quando possível! A minha resposta ficou assim:


De 1889 até 2001 temos 29 anos bissextos a começar por 1892 (primeiro múltiplo de 4 após 1889) e terminar por 2008 (último múltiplo de 4 antes de 2011). Vale lembrar que o ano 1900 não é bissexto, uma vez que é múltiplo de 100 mas não é múltiplo de 400.

De um ano normal para outro, se considerarmos a mesma data, eles caem em dias consecutivos da semana. Por exemplo 01/01/2011 – sábado, e 01/01/2010 – sexta.

De um ano bissexto para outro, se considerarmos a mesma data, um cai dois dias da semana depois do outro. Por exemplo 01/01/2008 (ano bissexto) – Terça – feira, e 01/01/09 – Quinta-feira.

Sendo assim, se contarmos um dia da semana de diferença para cada um dos 01/01 dos 122 anos que separam 1889 e 2011 mais os 29 dias a mais referentes aos anos bissextos entre 1889 e 2011, concluímos que são 151 dias da semana de diferença, o que na realidade nos trás: 151:7= 21x7+4, isto é, são 4 dias da semana de diferença. Logo, como 15/11/2011 cairá em uma terça-feira, 15/11/1889 caiu em uma sexta-feira.