• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Referências bibliográficas

Seja bem-vindo!


Escreva fórmulas no fórum, utilizando LaTeX via BBCode (english version)

Exemplos:
x=\frac{-b\pm\sqrt{b^2-4ac}}{2a} ... f^\prime(x)\ = \lim_{\Delta x\to0}\frac{f(x+\Delta x)-f(x)}{\Delta x} ... f(x)=\int\limits_{-\infty}^x e^{-t^2}dt
Saiba mais...

Referências bibliográficas

Mensagempor fabiosousa » Qua Nov 28, 2007 11:44

  1. STEWART, James. Cálculo, volume I, 4a.edição. São Paulo: Pioneira Thompson Learning, 2002.


  2. STEWART, James. Cálculo, volume II, 4a.edição. São Paulo: Pioneira Thompson Learning, 2002.


  3. GUIDORIZZI, Hamilton Luiz. Um curso de cálculo, volume 3, 5a.edição. Rio de Janeiro: LTC, 2002.


  4. BARUFI, Maria Cristina Bonomi e LAURO, Maira Mendias. Funções elementares, equações e inequações: uma abordagem utilizando microcomputador. São Paulo: CAEM-IME/USP.


  5. EVES, Howard. Introdução à história da matemática. Tradução: Hygino H. Domingues. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2004.


  6. HUMES, Ana Flora Pereira de Castro e outros. Noções de Cálculo Numérico. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1984.


  7. TAHAN, Malba. O Homem que calculava, 26a.edição. Rio de Janeiro: Record, 1983.


  8. IMENES, Luiz Márcio. descobrindo o teorema de pitágoras, vivendo a matemática, 10a.edição. São Paulo: Scipone, 1994.


  9. IMENES, Luiz Márcio. geometria dos mosaicos, vivendo a matemática, 2a.edição. São Paulo: Scipone, 1988.


  10. MILIES, Francisco César Polcino e COELHO, Sônia Pitta. Números: Uma Introdução à Matemática, 3a.edição. São Paulo: EDUSP, 2003.


  11. BUSSAB, Wilton de O. e MORETIN, Pedro A. Estatística Básica, 5a.edição. São Paulo: Saraiva, 2003.


  12. ALVES, Sérgio e GALVÃO, Maria Elisa Esteves Lopes. Um estudo geométrico das transformações elementares. São Paulo: IME-USP, 1996.


  13. GONÇALVES, Adilson. Introdução à álgebra, 5a.edição. Rio de Janeiro: IMPA, 2006.


  14. BARONE Jr, Mário. Álgebra Linear, 3a.edição. São Paulo: IME-USP, 2002.


  15. BOULOS, Paulo e CAMARGO, Ivan de. Geometria analítica: um tratamento vetorial, 2a.edição. São Paulo: MacGraw-Hill, 1987.


  16. CARMO, Carlos M.B. Curso de Desenho, livro 2, métodos I. São Paulo: Moderna, 1965.


  17. IEZZI, Gelson e outros. Fundamentos de matemática elementar: conjuntos e funções, volume 1, 5a.edição. São Paulo: Atual, 1977.


  18. IEZZI, Gelson e outros. Fundamentos de matemática elementar: trigonometria, volume 3, 5a.edição. São Paulo: Atual, 1977.


  19. IEZZI, Gelson e outros. Fundamentos de matemática elementar: seqüências matrizes determinantes sistemas, volume 4, 3a.edição. São Paulo: Atual, 1977.
Fábio Sousa
Equipe AjudaMatemática.com
| bibliografia | informações gerais | arquivo de dúvidas | desafios

"O tolo pensa que é sábio, mas o homem sábio sabe que ele próprio é um tolo."
William Shakespeare
Avatar do usuário
fabiosousa
Colaborador Administrador - Professor
Colaborador Administrador - Professor
 
Mensagens: 878
Registrado em: Qui Jul 19, 2007 10:58
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática IME-USP
Andamento: formado

Re: Referências bibliográficas

Mensagempor Rosana Ayumi » Qua Mar 12, 2008 15:21

Olá,

Será que alguém conhece algum site onde eu possa fazer o download das respostas dos exercícios do Livro de Cálculo vol.1, 4ªed. de James Stewart ?

Obrigada pela ajuda =]
Rosana Ayumi
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 1
Registrado em: Qua Mar 12, 2008 15:14
Área/Curso: Estudante
Andamento: cursando

Re: Referências bibliográficas

Mensagempor fabiosousa » Qua Mar 12, 2008 17:12

Olá.

No final do próprio livro estão somente as respostas dos exercícios de números ímpares, são 34 páginas.
Infelizmente, a dificuldade em encontrar para download é pela violação de direitos autorais ao reproduzir parte do livro.

De qualquer forma, há muitos livros disponíveis no site: http:\\www.4shared.com
Fábio Sousa
Equipe AjudaMatemática.com
| bibliografia | informações gerais | arquivo de dúvidas | desafios

"O tolo pensa que é sábio, mas o homem sábio sabe que ele próprio é um tolo."
William Shakespeare
Avatar do usuário
fabiosousa
Colaborador Administrador - Professor
Colaborador Administrador - Professor
 
Mensagens: 878
Registrado em: Qui Jul 19, 2007 10:58
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática IME-USP
Andamento: formado

Re: Referências bibliográficas

Mensagempor zero » Dom Mar 08, 2009 20:58

eu as tenho !
zero
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 3
Registrado em: Dom Mar 08, 2009 20:38
Formação Escolar: PÓS-GRADUAÇÃO
Área/Curso: Matemática
Andamento: cursando

Re: Referências bibliográficas

Mensagempor wsr » Seg Nov 02, 2009 13:55

Bom a todos!

Quero compartilhar um link que pode servir de ferramenta auxliar em alguns cálculos matemáticos:

http://www.mathway.com/

Bons estudos!
wsr
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 5
Registrado em: Sáb Out 31, 2009 18:07
Formação Escolar: ENSINO MÉDIO PROFISSIONALIZANTE
Área/Curso: Telecomunicações
Andamento: formado


Voltar para Informações Gerais

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes

 



Assunto: método de contagem
Autor: sinuca147 - Seg Mai 25, 2009 09:10

Veja este exercício:

Se A = {x \in Z \hspace{1mm} | \hspace{1mm} \frac{20}{x} = n, n \in N} e B = {x \in R \hspace{1mm} | \hspace{1mm} x = 5m, m \in z}, então o número de elementos A \cap B é:

Eu tentei resolver este exercício e achei a resposta "três", mas surgiram muitas dúvidas aqui durante a resolução.

Para determinar os elementos do conjunto A, eu tive de basicamente fazer um lista de vinte dividido por todos os números naturais maiores que zero e menores que vinte e um, finalmente identificando como elementos do conjunto A os números 1, 2, 4, 5, 10 e 20. Acho que procedi de maneira correta, mas fiquei pensando aqui se não existiria um método mais "sofisticado" e prático para que eu pudesse identificar ou ao menos contar o número de elementos do conjunto A, existe?

No processo de determinação dos elementos do conjunto B o que achei foi basicamente os múltiplos de cinco e seus opostos, daí me surgiram estas dúvidas:

existe oposto de zero?
existe inverso de zero?
zero é par, certo?
sendo x um número natural, -x é múltiplo de x?
sendo z um número inteiro negativo, z é múltiplo de z?
sendo z um número inteiro negativo, -z é múltiplo de z?

A resposta é 3?

Obrigado.


Assunto: método de contagem
Autor: Molina - Seg Mai 25, 2009 20:42

Boa noite, sinuca.

Se A = {x \in Z \hspace{1mm} | \hspace{1mm} \frac{20}{x} = n, n \in N} você concorda que n só pode ser de 1 a 20? Já que pertence aos naturais?
Ou seja, quais são os divisores de 20? Eles são seis: 1, 2, 4, 5, 10 e 20.
Logo, o conjunto A é A = {1, 2, 4, 5, 10, 20}

Se B = {x \in R \hspace{1mm} | \hspace{1mm} x = 5m, m \in z} você concorda que x será os múltiplos de 5 (positivos e negativos)? Já que m pertence ao conjunto Z?
Logo, o conjunto B é B = {... , -25, -20, -15, -10, -5, 0, 5, 10, 15, 20, 25, ...

Feito isso precisamos ver os números que está em ambos os conjuntos, que são: 5, 10 e 20 (3 valores, como você achou).

Vou responder rapidamente suas dúvidas porque meu tempo está estourando. Qualquer dúvida, coloque aqui, ok?

sinuca147 escreveu:No processo de determinação dos elementos do conjunto B o que achei foi basicamente os múltiplos de cinco e seus opostos, daí me surgiram estas dúvidas:

existe oposto de zero? sim, é o próprio zero
existe inverso de zero? não, pois não há nenhum número que multiplicado por zero resulte em 1
zero é par, certo? sim, pois pode ser escrito da forma de 2n, onde n pertence aos inteiros
sendo x um número natural, -x é múltiplo de x? Sim, pois basta pegar x e multiplicar por -1 que encontramos -x
sendo z um número inteiro negativo, z é múltiplo de z? Sim, tais perguntando se todo número é multiplo de si mesmo
sendo z um número inteiro negativo, -z é múltiplo de z? Sim, pois basta pegar -z e multiplicar por -1 que encontramos x

A resposta é 3? Sim, pelo menos foi o que vimos a cima


Bom estudo, :y:


Assunto: método de contagem
Autor: sinuca147 - Seg Mai 25, 2009 23:35

Obrigado, mas olha só este link
http://www.colegioweb.com.br/matematica ... ro-natural
neste link encontra-se a a frase:
Múltiplo de um número natural é qualquer número que possa ser obtido multiplicando o número natural por 0, 1, 2, 3, 4, 5, etc.

Para determinarmos os múltiplos de 15, por exemplo, devemos multiplicá-lo pela sucessão dos números naturais:

Ou seja, de acordo com este link -5 não poderia ser múltiplo de 5, assim como 5 não poderia ser múltiplo de -5, eu sempre achei que não interessava o sinal na questão dos múltiplos, assim como você me confirmou, mas e essa informação contrária deste site, tem alguma credibilidade?

Há e claro, a coisa mais bacana você esqueceu, quero saber se existe algum método de contagem diferente do manual neste caso:
Para determinar os elementos do conjunto A, eu tive de basicamente fazer um lista de vinte dividido por todos os números naturais maiores que zero e menores que vinte e um, finalmente identificando como elementos do conjunto A os números 1, 2, 4, 5, 10 e 20. Acho que procedi de maneira correta, mas fiquei pensando aqui se não existiria um método mais "sofisticado" e prático para que eu pudesse identificar ou ao menos contar o número de elementos do conjunto A, existe?



cron