• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Ajuda com Cálculo de intervalo de confiânça

Ajuda com Cálculo de intervalo de confiânça

Mensagempor Gleibson » Qua Jan 30, 2019 11:57

Saudações a todos, me chamo Gleibson Santana, sou Engenheiro Mecânico e trabalho na área de Qualidade, mais especificamente de metrologia.
Estou realizando um estudo de R&R, repetibilidade e reprodutibilidade por atrito e tentando fazer os cálculos no excel, tive dificuldade em calcular o intervalo de confiança pois não sei se estou utilizando a fórmula correta.
Tenho um exemplo que encontrei em um site, porém não consigo encontrar o mesmo valor encontrado pelo autor, gostaria que por gentileza alguém me ajuda-se com isso.
Desde já agradeço.
Abaixo estou deixando o link do exemplo que estou tentando resolver, o autor utiliza um software para calcular os intervalos de confiança e não consegui descobrir como são calculados.
http://www.portalaction.com.br/analise-dos-sistemas-de-medicao/sistema-de-medicao-por-atributo

Os intervalos de confiança para os quais me refiro são:
Imagem
Gleibson
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 2
Registrado em: Ter Jan 29, 2019 20:45
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Engenharia
Andamento: formado

Voltar para Estatística

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes

 



Assunto: Exercicios de polinomios
Autor: shaft - Qua Jun 30, 2010 17:30

2x+5=\left(x+m\right)²-\left(x-n \right)²

Então, o exercicio pede para encontrar {m}^{3}-{n}^{3}.

Bom, tentei resolver a questão acima desenvolvendo as duas partes em ( )...Logo dps cheguei em um resultado q nao soube o q fazer mais.
Se vcs puderem ajudar !


Assunto: Exercicios de polinomios
Autor: Douglasm - Qua Jun 30, 2010 17:53

Bom, se desenvolvermos isso, encontramos:

2x+5 = 2x(m+n) + m^2-n^2

Para que os polinômios sejam iguais, seus respectivos coeficientes devem ser iguais (ax = bx ; ax² = bx², etc.):

2(m+n) = 2 \;\therefore\; m+n = 1

m^2-n^2 = 5 \;\therefore\; (m+n)(m-n) = 5 \;\therefore\; (m-n) = 5

Somando a primeira e a segunda equação:

2m = 6 \;\therefore\; m = 3 \;\mbox{consequentemente:}\; n=-2

Finalmente:

m^3 - n^3 = 27 + 8 = 35

Até a próxima.